CNI
Intro

The future is our business

Notícias

  • New size New size Guia para Beneficiários 2014-2020 traduzido em português

    Guia para Beneficiários 2014-2020 traduzido em português

    A Comissão Europeia lançou recentemente o Guia para Beneficiários traduzido emportuguês, além de outras línguas inerentes aos Estados Membros da União Europeia.Neste documento os potenciais beneficiários podem saber das oportunidades de financiamento através dos FEEI - Fundos Europeus Estruturais e de Investimento e outros instrumentos financeiros da União Europeia no período de programação 2014-2020.Este Guia explica como aceder e utilizar eficazmente os FEEI e como explorar complementaridades com outros instrumentos de políticas da União Europeia relevantes.Encontre respostas a muitas questões AQUI:GUIA DE ORIENTAÇÃO PARA BENEFICIÁRIOS dos Fundos Estruturais e de Investimento Europeus e de instrumentos da UE relacionados.
    NOTA: As traduções nas restantes línguas encontram-se disponíveis na página INFOREGIO. Fonte: Portal "Portugal 2020"

    07/05/2015

    Ler mais

  • New size New size CE lança Guia para Apoiar a Internacionalização das PME

    CE lança Guia para Apoiar a Internacionalização das PME

    A Comissão Europeia (CE) publicou o Guia 'Apoiar a Internacionalização das PME', da coleção 'Como apoiar a política das PME através dos fundos estruturais'.O guia destina-se a apoiar decisores políticos, partes interessadas e Autoridades de Gestão, especialmente a nível regional, que desejem ajudar as PME - Pequenas e Médias Empresas a tirar partido das oportunidades do mercado internacional, a nível da União Europeia (UE) e a nível mundial, com o apoio dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento da UE.Consulte AQUI:GUIA 'Apoiar a Internacionalização das PME' Fonte: Portal "Portugal 2020"

    07/05/2015

    Ler mais

  • New size New size Novo Índice de Digitalidade da Economia e da Sociedade

    Novo Índice de Digitalidade da Economia e da Sociedade

    Foi recentemente apresentado o novo Índice de Digitalidade da Economia e da Sociedade elaborado pela Comissão Europeia.O novo instrumento oferece uma visão, por país, da conetividade (quão abrangente, rápida e acessível nos preços é a banda larga), das competências digitais, da participação em atividades em linha (desde ler notícias a fazer compras) e de como as tecnologias digitais fundamentais (como as faturas eletrónicas, os serviços em nuvem, o comércio eletrónico) e os serviços públicos digitais, tais como, a administração pública e a saúde em linha, estão a ser implementados.Aceda ao Índice de Digitalidade da Economia e da Sociedade e consulte os dados (na sua maioria relativos a 2013/2014) que proporcionam uma panorâmica do nível de digitalidade da Europa, incluindo as classificações dos países mais avançados em matéria digital.Conheça asPrincipais Conclusõesdo Índice de Digitalidade da Economia e da Sociedade e as Fichas de cada país, em particular Portugal. Existem muitas oportunidades no mundo digital à espera de serem exploradas em benefício dos cidadãos e das empresas europeus. A Comissão Europeia está a preparar a sua estratégia para o Mercado Único Digital, a ser apresentada em maio. Fonte: Portal "Portugal 2020"

    07/05/2015

    Ler mais

  • New size New size Candidaturas abertas à Medida REATIVAR

    Candidaturas abertas à Medida REATIVAR

    As candidaturas à Medida REATIVAR arrancaram dia 20 de abril, para facilitar a integração de desempregados de longa duração, com mais de 31 anos.A nova iniciativa, anunciada no início do ano e publicada em Diário da República, na Portaria n.º 86/2015 de 20 de março, tem como finalidade a ativação e reconversão dos desempregados de longa duração e de muita longa duração, propiciando um contacto com o mercado de trabalho, em contexto de formação e com a aquisição de competências enquadradas por um plano de estágio, visando o efetivo reingresso no mercado de trabalho.Coordenada pelo IEFP– Instituto de Emprego e Formação Profissional, os estágios são direcionados para desempregados inscritos há pelo menos 12 meses nos centros de emprego e que nunca tenham sido abrangidos por uma medida ativa de emprego deste género.Os estagiários receberão uma bolsa que pode oscilar entre os 419,22 euros (o valor do indexantes dos apoios sociais) e os 691,70 euros. Para além disso, os estagiários arrecadarão subsídio de alimentação e, em alguns casos, subsídio de transporte.Os desempregados registados há mais de dois anos, com mais de 45 anos, que sofram de deficiência ou incapacidade, integrem família monoparental, sejam parte de um casal de desempregados, sejam vítimas de violência doméstica ou sejam ex-reclusos, têm direito a uma comparticipação financeira majorada em 15 pontos percentuais na bolsa de estágio. A bolsa será comparticipada entre 65% a 95% pelo IEFP, conforme a situação da entidade empregadora e do desempregado.As entidades empregadoras que queiram candidatar-se a receber estagiários ao abrigo desta medida devem apresentar um plano de estágio, garantir a empregabilidade de pelo menos 1 em cada 4 estagiários e apresentar uma relação razoável e ajustada entre o número de estagiários e o número de restantes trabalhadores.O novo programa de estágio, ao abrigo medidas ativas de emprego, foi um dos pontos da ordem de trabalhos na reunião da concertação social, realizada também no dia 20 de abril, onde foi feito o balanço da agenda Portugal 2020. Fonte: Portal "Portugal 2020"

    07/05/2015

    Ler mais

Legal ou ilegal

Legal ou ilegal

O Guia Prático no seu contacto quotidiano com as questões e litígios mais frequentes.

Experimente
Cartão cliente CNI

Cartão cliente CNI

O cartão de Cliente CNI disponibiliza à sua empresa vantagens e benefícios exclusivos.

Adira já

Destaques

Workshop “Constelações Sistémicas e Empresariais”

29 de janeiro de 2015 18h30 Porto Entrada Livre
A Metodologia Sistémica Organizacional: princípios básicos e fundamentais numa prática vivencial e experiencial!
Inscrições/Informações: a.nunes@mepais.pt 910 197 455

29/01/2015

Ler mais

Workshop “A atualidade do contrato de trabalho”

27 e 28 de janeiro de 2015 18h30- 22h00 Porto Entrada Livre
O workshop visa alertar para as principais obrigações que as partes de uma situação laboral devem cumprir, bem como apresentar soluções, eficazes, para os problemas associados à celebração e execução de contratos de trabalho.
Inscrições/Informações: a.nunes@mepais.pt
910 197 455

27/01/2015

Ler mais

Aderir ao cartão cliente CNI

Os seus dados

Voltar
Vantagens

O cartão de Cliente CNI disponibiliza à sua empresa vantagens e benefícios exclusivos, de uma forma personalizada e sem qualquer encargo, nomeadamente:

  • Condições especiais relativamente ao custo dos serviços CNI;
  • Condições especiais de financiamento e outras operações bancárias junto dos bancos nossos parceiros;
  • Condições especiais no domínio de contratação de seguros;
  • Condições especiais em sede de formação profissional;
  • Condições especiais nas candidaturas a fundos comunitários;
  • Condições especiais no apoio à gestão empresarial.

Muitos outros privilégios estarão, ainda, ao dispor através do grupo empresarial CNI – Consultoria de Negócios Internacionais, SA e seus consultores.

Para obter o cartão "CNI Negócios" bastará inscrever-se, sendo que o mesmo será ativado imediatamente antes da primeira prestação de serviços que nos confiar. A partir de então receberá, também, a nossa Newsletter com informações relevantes para os seus negócios.